terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Sou vosso inimigo!

"Existe um temor de ir contra a multidão e o espírito do tempo. 

Eu, porém, me declaro liberto dele. Odeio o espírito do tempo! 

Eu quero destruir o mundo moderno e seus ídolos! 

Sou um descrente dessa abjecção dos direitos humanos, liberdades e igualdades, inimigo do pacifismo e da democracia. 

Eu quero acabar com o teu mundo e não faço questão de dialogar com a canalha e os degenerados que são meus adversários morais. 

Sou vosso inimigo!"


RQ


quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

A Europa derrubada

"Não foi a primeira nem a segunda guerra mundial que derrubaram a Europa mas a promiscuidade e o aborto desde a década de 1960."

AM






quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

A Corja

"A corja partidária dum país falido, onde as principais empresas económicas e financeiras acabaram nas unhas de espanhóis, angolanos, chineses, alguns americanos e franceses, só já tem um fim em vista: tomar o Estado de assalto, meter prego a fundo no populismo, e servir-se. Isto é, servir-se de todos nós."

O António Maria



quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Da Tradição



Branco, Machista, Fumador, Heterossexual
´



domingo, 4 de fevereiro de 2018

O liberalismo também não serve




O Sonho Liberal:

Funcionários das empresas mais desejadas do mundo deixam o trabalho em até dois anos.








A realidade Liberal: 







It`s a Shithole Country




O mercado accionista Norte-Americano

10% dos investidores detém 90% das acções (valor médio 350 mil dólares)

90% dos investidores detém 10% das acções  (valor médio 15 mil dólares)


Substituir "Rússia" por "Marxismo Cultural"




sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

domingo, 28 de janeiro de 2018

Liçença para Assediar



Era o verdadeiro gentlemen antes do progressismo de 1968...








Um Salazar


"Portugal precisava dum Salazar. Alguém conservador, com os plenos poderes, que possa governar durante trinta ou quarenta annos seguidos. Só nestas condições é que seria possível trazer o paiz de volta à normalidade, desfazendo todo o amontoado de leis e medidas progressistas que mactam Portugal."